O Poderoso Chefão- a trilogia que marcou a indústria cinematográfica

O Poderoso  Chefão, com título original de The Godfather, foi um marco no cinema, afirma o empresário Rafael Libman, amante e entusiasta da sétima arte. A trilogia foi responsável por movimentar milhões de dólares, levando milhares de pessoas às telas de cinema para assistir ao espetáculo e até hoje faz sucesso, sendo considerado um dos clássicos do cinema mundial.

A narrativa perpassa a história da tradicional família italiana Corleone. Chefes de uma das maiores máfias de Nova York. A franquia teve mais dois filmes posteriormente: The Godfather: Part II, em 1974; e The Godfather: Part III em 1990, com a continuação da história, respectivamente, e direção do aclamado diretor Francis Ford Coppola.

No primeiro filme, aqui retratado, narra o desenlace da família em que, ao ver o chefe Don Vito Corleone (Marlon Brando) ferido e internado, seu filho Michael (Al Pacino) assume as rédeas do negócio e da segurança de sua família, o qual abandona seu serviço condecorado na marinha para se dedicar à família. É um clássico do cinema e todos deveriam assistir a essa obra prima, afirma Rafael Libman.

O filme inicia-se em uma festa celebrada com o casamento de Collie, filha de Vito Corleone, em que há inúmeras personalidades no evento. Vito é uma espécie de conselheiro e padrinho de todos, ele oferece favores, sempre tendo em mente que um dia o acolhido poderá retribuí-lo. O ponto de bifurcação da narrativa se dá quando Sollozzo (Al Lettieri) chefe de uma outra família, a Tattaglia, decide mudar seus negócios na cidade, ampliando para o ramo de narcóticos e pede proteção e assistência dos Corleones, fato que Vito repudia, pois segundo ele, degrada a família, dessa forma, seus negócios são enfocados apenas em jogos e cassinos.

Após esse conflito, Don Corleone é baleado com 5 tiros nas costas, algo covarde e digno de retaliação. Felizmente Vito sobrevive e seu filho Michael, então, assume a administração dos negócios e a proteção de sua família, principalmente de seu pai que está internado de forma frágil e delicada no hospital. Michael mostra-se centrado e confiável para todas as funções assumidas, salienta Rafael Libman. E, após esses eventos, vinga a tentativa de assassinato de seu pai e mata os envolvidos no atentado. Por conta de possíveis retaliações, se refugia na Sicília, local de origem da família e palco futuro de outras narrativas.  Por fim, Vito morre ao afago de seu neto, em sua residência, em que brincando com o garoto é acometido por um infarto fulminante, mudando, novamente, toda a dinâmica da família.

O filme foi um marco tão eminente que o American Film Institute o declarou como o melhor filme de gângster de todos os tempos. A trilogia num geral recebeu diversos prêmios, entre eles o de Melhor Ator para Marlon Brando, no primeiro filme, o qual recusou o prêmio como forma de protesto aos nativos da América, em como a indústria de Hollywood e a sociedade tratavam esses povos, povos esses que são antecessores de Marlon.

Ultimas Notícias

spot_img

Veja

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here