Saiba como conservar melhor o vinho

Todo aquele que se apaixona e rapidamente descobre o prazer que o vinho traz, enfrenta uma grande questão: como manter o vinho adequadamente em casa? Marco Antonio Carbonari, dono da vinícola Villa Santa Maria, conta que a vontade de conservar o vinho é muito antiga – uma das grandes contribuições nesse sentido foi a invenção da garrafa de vidro e da rolha, em 1630. Conheça outras dicas sobre como conservar e manter a qualidade do seu vinho.

A garrafa de vidro tornou-se o recipiente mais eficaz, superando todas as outras garrafas em termos de conservação e transporte do vinho. Em outros recipientes, a bebida era rapidamente danificada e logo entrava no processo de oxidação. Embora já exista há vários séculos, a rolha de cortiça é utilizada como rolha de vinho desde o século XVII. O que torna a cortiça uma vedação perfeita é a sua composição leve, flexível, elástica e impermeável.

Por isso, continuando a ir de encontro ao nosso desejo de simplificar e popularizar o consumo dessa bebida perfeita, Marco Antonio Carbonari irá fornecer dicas para ajudar a conservar o vinho da forma mais simples.

1. Você deve tentar manter o vinho longe da luz solar e de luzes fluorescentes. Procure um ambiente escuro, o lugar mais escuro da casa.

2. Evite locais quentes. Marco Antonio Carbonari diz que o ideal é encontrar o local mais frio da residência para guardar bebidas, e relembrar que os vinhos, historicamente, devem ter uma temperatura média de 13 °C, com uma variação anual máxima de 2 °C.

3. Para evitar o ressecamento da rolha e o vazamento do vinho, coloque-a em ambiente com umidade relativa superior a 65%, porque mesmo que a bebida esteja na horizontal e o clima esteja seco, vai haver vazamento.

4. Posicione a garrafa horizontalmente, pois se a garrafa ficar em pé por muito tempo, a rolha não entrará em contato com o líquido, desidratando-se por conta própria até começar a perder sua função, permitindo que o ar entre na garrafa e começa a estragar o vinho. 5. Parece frescura, mas o movimento frequente do vinho danifica as suas características originais. Então Marco Antonio Carbonari pede para deixar a bebida quietinha em um lugar seguro.

Ultimas Notícias

spot_img

Veja

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here