Seleção dos melhores filmes de terror da década de 60 – por Frederico Gayer Machado de Araujo

O empresário Frederico Gayer Machado de Araújo é apaixonado por cinema, sobretudo filmes clássicos. Dessa maneira, imbuído de apreço pelo tema e conhecimento, elenca os melhores filmes de terror da década de 60, em sua opinião. Confira a lista imperdível e embarque agora mesmo nessa jornada de descoberta cinéfila.

Kwaidan: As Quatro Faces do Medo

Em primeiro lugar, o longa japonês arrepiou os jovens da época. Frederico Gayer Machado de Araújo conta que a narrativa do filme permeia quatro histórias e de forma integrada e genial, o enredo é desenvolvido. Sua primeira estreia se deu no final de 1964 e configurou um sucesso para o cinema japonês, neste segmento, na época.

Até o Vento Tem Medo

Lançado em 1968, Até o Vento Tem Medo trata-se de uma história macabra. Frederico Gayer Machado de Araújo narra que o filme é repleto de suspense e mistérios e envolve qualquer um que for assistir. Narrando a história de alunas em um colégio cumprindo castigo, a história torna-se macabra quando uma aluna começa a ter pesadelos com fantasmas que habitam o prédio da escola.

O Ciclo do Pavor

O Ciclo do Pavor foi lançado em 1966 e conta uma história de verdadeiro pavor. Frederico Gayer Machado de Araújo relata que trata-se de uma narrativa em que um médico se dirige a um pequeno vilarejo, na  busca de entender a causa da morte de uma mulher, intrigado, o médico acaba se deparando com elementos de dar medo, uma possível maldição.

O Bebê de Rosemary

Por fim, mas não menos importante, pois O Bebê de Rosemary é um dos filmes preferidos de terror do empresário Frederico Gayer Machado de Araujo. O longa foi lançado no final da década de 60, em 1969 e conta a história de um casal que se muda para Nova York, vizinhos de apartamento de um casal de idosos que acabam por incomodar o casal e Rosemary, grávida, sente seu filho ameaçado.

Ultimas Notícias

spot_img

Veja

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here