Conheça as práticas mais valorizadas em um escritório de advocacia

Ao advogar, a reputação de seu escritório é imprescindível no momento de contratação por parte dos clientes. O advogado criminalista José Pedro Said Júnior, especialista que atua há cerca de 30 anos na área, acredita que — mesmo após a contratação de seus serviços — é preciso cumprir com as expectativas do cliente para construir uma relação sólida e duradoura.

Para uma prestação de serviços ideal e que seja reconhecida pelos clientes, o escritório de advocacia deve contar com a adoção de algumas práticas essenciais e valorizadas pelo mercado. Confira, a seguir, quais são as principais delas:

Agilidade

Quando um cliente busca um escritório de advocacia, na maioria das vezes, possui um problema jurídico a ser resolvido. Desse modo, esse problema pode trazer sérias consequências a vida do cliente, o que faz com que ele tenha pressa em solucioná-lo. Por isso, o advogado criminalista José Pedro Said Júnior considera a agilidade como fundamental para todo o escritório, afinal, é preciso que o cliente seja atendido sempre que necessário, com intuito de fornecer o melhor dos serviços.

Transparência

Ser transparente com seus serviços desde o ponto inicial, mesmo que isso signifique perder um cliente, é fundamental. O advogado criminalista José Pedro Said Júnior acredita que não se deve alimentar expectativas com as quais não poderá cumprir. Por isso, deixe claro as perspectivas do caso, além de contar também com registros para acompanhar os processos e promover a clareza durante a relação profissional.

Ética 

É lamentável que muitos escritórios ainda adotem a prática de prometer feitos inalcançáveis e que esbarrem nos limites éticos. Para o advogado criminalista José Pedro Said Júnior, um escritório de sucesso é aquele que segue as regras básicas do Código de Ética da OAB, ou seja, é aquele que se atenta aos deslizes e os evita, tendo cautela na gestão de risco, nas brechas da lei e no controle de danos.

Comunicação

Por fim, cada vez mais, os clientes buscam escritórios em que a comunicação seja clara e objetiva. Mais do que informar aos clientes sobre os processos com linguagem rebuscada, é preciso que o indivíduo compreenda, de maneira transparente, o que está ocorrendo, quais são os trâmites e processos. De acordo com o advogado criminalista José Pedro Said Júnior, é preciso que o escritório se preocupe mais com o cliente e menos com o juridiquês.

Ultimas Notícias

spot_img

Veja

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here