Sambódromo é alvo de fiscalização às vésperas dos desfiles no Rio de Janeiro

A Comissão de Esportes, Lazer e Eventos da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro fará na terça-feira (19) uma nova fiscalização no Sambódromo às vésperas dos desfiles das escolas de samba. A primeira ação aconteceu na última quinta-feira (14).

Os vereadores percorreram toda a extensão da avenida e vistoriaram alguns camarotes. Os parlamentares manifestaram preocupação com a falta de alvarás do Corpo de Bombeiros.

Entre os laudos exigidos pela corporação, estão: planos de rotas de fuga, caso algo aconteça incêndios entre outros acidentes; testes de materiais inflamáveis; documentos sobre o funcionamento dos hidrantes ao longo da Marquês de Sapucaí e o plano do espetáculo (desfiles das escolas de samba).

O Gerente de Engenharia da Riotur, João Henrique de Almeida, disse que até terça, data da nova fiscalização, a documentação estará regularizada. A informação foi confirmada à CNN pelos assessores parlamentares da comissão.

Felipe Michel, presidente da comissão, disse que o objetivo da inspeção desta terça-feira é garantir a segurança do público.

“Vamos conferir se os ajustes que ainda não estavam prontos semana passada foram feitos. Nossa maior preocupação é com os acessos às arquibancadas, aos banheiros, acessibilidade. Tudo para garantir um evento de excelência”.

Outra percepção da comissão foi para a falta de rampas de acesso para pessoas com necessidades especiais. Segundo o representante da Riotur, apenas o setor ímpar possui os equipamentos para atender esse público, segundo os assessores parlamentares.

O Corpo de Bombeiros RJ informou que há, até o momento, pendências documentais junto ao Corpo de Bombeiros por parte da Prefeitura. A CNN entrou em contato com a Riotur para um posicionamento sobre os documentos pendentes para alvará.

“O prefeito do Rio Eduardo Paes explicou na cidade do samba que as exigências do corpo de bombeiros estão sendo atendidas. Reiteramos que as exigências estão sendo cumpridas pela Riotur e Liesa”, diz a nota.

Os desfiles das escolas de samba do grupo de acesso estão marcados para os dias 20 e 21 de abril. As apresentações do grupo especial acontecem entre sexta-feira (22) e sábado (23). Já os desfiles das campeãs estão marcados para o dia 30 de abril.

O carnaval fora de época no Rio de Janeiro e em São Paulo acontece porque, em fevereiro deste ano, ainda pairava uma preocupação maior com a variante Ômicron do coronavírus.

Ultimas Notícias

spot_img

Veja

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here